quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Truques

Uma das vantagens que eu tenho é que não preciso de almoçar fora quando estou a trabalhar, levo o almoço de casa e tenho lá microondas para aquecer, por isso consigo controlar perfeitamente tudo o que como (quando não tenho um ataque de gula, claro está, que normalmente significa uns rissóis quentinhos do Pingo Doce).



Um dos defeitos da minha pessoa é que sou um bocado esquisita na comida, sendo que não sou muito fã de couves, sou muito pouco criativa nos pratos de legumes e céptica em relação a alguns deles. Como alternativa aqueles deliciosos rissóis que tenho de ir buscar quando levo para o almoço só sopa, criei um truque para não cair na monotonia dos palitos de cenoura ou da salada de tomate. Aqui fica a dica:



São saladas que para mim fazem de refeição completa. Fiz uma lista com os seguintes itens:
- Base - Proteínas - Legumes - Fruta - Decoração



Depois em cada item fiz uma lista só de coisas que eu gosto:
- Base - batata / arroz / massa / feijão / grão de bico / feijão frade
- Proteínas - ovos / cubos de fiambre / frango / atum / delícias do mar / cogumelos (não sabia em que grupo os meter)
- Legumes - cenoura / feijão verde / couve branca / tomate / couve flor / ervilhas / milho / salada chinesa / rabanetes / alface
- Fruta - ananás / kiwi / uvas / manga / maçã / morangos / pêssego / laranja / melão (tirando banana gosto de toda)
- Decoração - croutons / azeitonas / pickles / nozes / avelãs / cubos de queijo



Pronto, tenho a lista na cozinha e tudo o que tenho de escolher é:
1 base + 3 legumes + 1 proteína + 1 decoração + 1 fruta



Junto tudo num tupperware e normalmente até como fria com um bocadinho de azeite e vinagre.



Assim consegui evitar cair na monotonia das saladas e ao mesmo tempo aproveitar restos que me sobrem do jantar. Às vezes venho cansada de trabalhar e sem pachorra para pensar no almoço do dia seguinte e dei-me bem com este método.

3 comentários:

lev disse...

Olá!!
Já experimentaste os rebentos de soja??? Adoro nas saladas!!! Experimenta!!
beijinhos

Maria Bolacha disse...

Boa ideia! E eu que gosto tanto de listas, por me ajudarem a organizar a vida (já que sou muito "cabeça na lua"), vou seguir este truque. Como é que não tinha pensado nisto antes? Bem, só sugiro o seguinte: na base, não colocaria as leguminosas (feijão, grão, etc) no grupo dos cereais (massa, arroz, etc), já que são grupos distintos. Quanto aos cogumelos, habitualmente são incluídos no grupo dos legumes. Beijinhos e obrigada pela "dica".

boneca de porcelana disse...

Confesso que sou anti-saladas e legumes e adorei essa tua regra de cada tipo de nutriente!Vou comçar a fazer isso!!!

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...