quarta-feira, 29 de setembro de 2010

E por falar em desafios...

Tenho lido bastantes vezes nos vossos cantinhos que estão a participar no desafio de Halloween, de Natal e outros. Esse tipo de desafios realmente podem funcionar como um incentivo de perda de peso porque uma pessoa estabelece um objectivo desde o início.
Quanto a mim, deixem que vos diga que já tive uma experiência (má) com esse tipo de incentivos. Quando deixei de amamentar a minha filha pesava 98Kg e consegui sozinha sem ajuda chegar aos 80 e depois de alguns altos e baixos estabilizar nos 85.

Depois como não consegui baixar mais resolvi seguir a dieta do Póvoas. No início realmente é muito bonito, há realmente uma RA aliada claro ao exercício físico e aos famosos comprimidos. Nessa altura cheguei aos Sweet 68Kg e entrei na fase da manutenção. Aí desleixei-me um bocado e foi tipo bola de neve.

Se ao início a consulta funcionava como um incentivo, tipo, "quero perder xxKg até à consulta daqui a 2 meses... ai que bom consegui !!!" na fase da manutenção e desmame dos comprimidos (de longe a pior fase) já era mais "a consulta está aí e eu engordei... vou adiá-la 1 mês a ver se consigo perder mais um bocado...".

E assim acabei por entrar num ciclo vicioso de engordar --> frustração --> comer --> engordar e a dirigir a minha frustração para a minha filha e o meu marido. "Vocês só comem porcarias !!!" ... "Não comas bolachas!!" ... "Vamos fazer exercício" and so on...

Fiquei completamente obcecada pelo peso que queria perder e não conseguia, até perder a perspectiva do que realmente importa na vida.

Foi só quando eles me chamaram à realidade que eu consegui sair daquele ciclo e desisti da manutenção porque eu precisava de me afastar daquilo, do que inicialmente funcionou como incentivo mas que se transformou numa meta inatingivel e infernal. Chorei muito quando me apercebi que o meu comportamento estava a causar mau-estar à minha família e a limitar o comportamento deles para comigo.

Saí desse ciclo e entrei num estado mais zen, de mais calma, mais pacífico. Nunca mais me quero sentir como me senti naquela altura. Foi essa a principal razão que me levou a criar o blog. Libertar-me e partilhar ideias com pessoas que sentem o mesmo que eu.

Por isso não... eu não entro em desafios... não posso... não quero... O meu desafio é tentar perder peso e tentar chegar aos Sweet 68 Kg, mas sem pressa, sem metas estabelecidas. Há-de chegar o meu tempo de brilhar...

Há muito que queria deixar esta mensagem. Obrigada por me lerem... 

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Aprovado...

Segui a ideia da Paula e para o meu jantar de hoje e almoço de amanhã fiz o seguinte petisco:

Numa frigideira deitei 1 fio de azeite e 1 alho cortado a meio. Juntei 1 embalagem de cogumelos frescos e 1 embalagem pequena de mistura de vegetais chineses Auchan. Temperei com sal, deixei cozinhar 10 minutos e voilá...

Rápido   -   Delicioso   -   Barato   -   Light

Tanto a mistura de vegetais como os cogumelos têm somente 36 calorias por 100gr ... Para acompanhar uma fatia de pão da aldeia torrado e de sobremesa 1 fatia de melão.

Já comprei a linhaça e vou começar amanhã a juntar ao iogurte, pelo menos. Também comprei o drenante da Forma+ e também vou começar amanhã. Vamos ver se adianta alguma coisa...

domingo, 26 de setembro de 2010

Estou tão orgulhosa da minha menina...

Ela que nunca tinha sido grande fã de bicicleta conseguiu finalmente tirar as rodinhas. Nem 15 minutos demorou para lhe apanhar o jeito de vez.

Estou muito orgulhosa dela. É persistente e quando quer alguma coisa, quer mesmo.

O que significa que depois não queria outra coisa e por isso andamos os 3 de um lado para o outro durante quase 2 horas.

Estou que não posso, de cansaço e dores no rabo. Claro que quando cheguei a casa fui fazer um bocado de elíptica como me tinha comprometido há algum tempo atrás. Hoje demos-lhe bem. Estamos todos cansados, mas felizes.

Agora não há desculpas, vamos ter mais uma actividade para fazermos juntos...

Retenção de líquidos

As pernas sempre foram a minha zona problemática, principalmente em alturas de TPM como a que estou a passar agora. Não tenho dores nem nada (para já pelo menos), mas é desconfortável e desagradável à vista. Nunca visto saias, por exemplo, porque não me sinto bem com essa parte do corpo.

Quando estive grávida (há 8 anos atrás) fiz muita retenção de líquidos, tinha uns pés tão inchados que metiam medo. Depois da minha filhota nascer, e apesar de eu ter perdido muito peso, fiquei sempre coms uns tornozelos inchadíssimos, com uma marca como se tivesse calçado meias apertadas. Já fiz durante algum tempo drenagem linfática manual, mas não vi resultados nenhuns.

As minhas pernas são gordinhas por todo, desde o pé e mesmo com o exercício que faço não consigo afiná-las. Quando for ao médico em Novembro vou falar a sério com ele sobre este problema, mas até lá vou experimentar um drenante.

Alguém tem experiência com este tipo de produtos?

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Uff... uff... ufff...

Porra, estou cansada mas realizada...
Acabei agora mesmo de fazer 25 minutos de eliptica = 5Km = 320 calorias...

Estava entretida a fazer uma sessão extra de elítica e a ver o Biggest Loser. Eu costumo fazer cerca de 17 minutos (250 calorias) e fico de rastos. E não é que há bocado dei por mim a pensar, " agora quero ver o resto do programa, não deve faltar muito, continua mais um bocadinho..." E consegui levar-me mais além... Linda!!

E era só o que me apetecia partilhar. Agora vou comer uma sopinha e 2 rodelas de ananás e espero ficar-me por aqui...

Este fim de semana...

Hoje foi dia de balança e vai tudo na mesma como a lesma. Considerando as festas e a amiga TPM, parece-me que mesmo assim, a semana foi positiva.

Deram-me vinho doce... muito... 5 litros. Já congelei aí uns 4 litros, o resto vai ser para o fim de semana. Pelo menos vai dar para lavar a tripa... eheheh...

Só falta a boa da castanha, para ser perfeito... Mas ainda não estão no ponto como eu gosto.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Em caso de SOS...

Tal como a Alex, também me decidi a comprar o batido à venda no Pingo Doce. Eu comprei de morango (espero não enjoar) e a minha ideia não é nem por sombras esperar perder peso com isto. Não, não...

Eu trago todos os dias almoço para o emprego, mas há alguns dias em que a sopa até acabou e a alternativa era um rissolzinho... ou não me apetece nada aquele resto de massa que sobrou de ontem... ou estou tão farta de saladas...

É só nesses casos que vou substituir o almoço por um batido destes. Mais para não me meter em (des)aventuras que me vou arrepender. Assim, isto está lá na prateleira da despensa para um caso de autêntico SOS.

Adiante, tenho a informar que na 3ª feira não houve nenhum desvario e ontem também me portei muito bem. Ando admirada comigo. Parece que aquele ralhete me fez bem...

Amanhã é dia de balança, sinto-me bastante menos inchada e até na roupa noto isso, mas por causa das festanças da semana que passou, sinceramente não estou à espera de nenhum milagre.

Para já o que me interessa é que a minha cabeça está a levar-me na direcção certa. Sim, porque estou cada vez mais convencida que uma boa RA é 80% psicológica e 20% força de vontade...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Sem emenda...


Lembram-se de ontem estar com a pica toda para entrar nos eixos com sopinhas e cogumelos com legumes e tal...??

Pois até ao jantar tudo bem, cogumelos salteados com feijão verde e meio pão integral e 2 pêssegos para sobremesa... a primeira... sim, porque aqui a burra deixou-se tentar por um pedaço de bolo de bolacha (que nem sequer gosto muito...) e por uns m&m (que adoro, e já que o bolo não satisfez, toca a embrulhar...).

Os sentimentos de culpa foram muitos até porque quando me levantei para ir buscar o bolo, já a minha filha me trazia uma gelatina pequena. Aqui está um exemplo de uma escolha (mal) feita conscientemente.

Agora passou, passou, mas fica aqui registada para pelo menos ver se ganho vergonha para não fazer estas asneiras. Se é para pisar o risco, pelo menos que valha a pena...

Adiante, hoje o almoço vai ser sopa, cogumelos salteados com feijão verde e melão. Ao jantar, espetada grelhada (tempero só com sal, mais nada, nem azeite, nadinha), slada de tomate e arroz branco. E vou ficar por aqui... Prometo!!! 

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

De volta à normalidade...


Passaram as festas e com elas as doces tentações. E apesar de me ter "baldado" (conscientemente) à dieta nestes 3 dias de festa, consegui não ter guardado nenhuns maléficos restos. Ou seja, no meu frigorífico só repousa comidinha saudável.

Esta semana decidi atacar em força na sopa. Vou fazer uma panelona e vai ser o meu almoço todos os dias, em jeito de desintoxicação, juntamente com uma sandes pouco recheada (a de hoje vai ser de queijo fatiado e de fiambre) e fruta (hoje vai ser 2 talhadas finas de melão e 1 fatia fina de abacaxi).

Eu não consigo comer só sopa por 2 razões: aqui a bebé chorona só come sopa passada (grave trauma de infância) e passado pouco tempo já tenho fome. A outra razão é que se como só sopa e fruta fico com uma azia de arrepiar os pelos da nuca. Assim, meto a sandezinha pelo meio para compor.

Graças às vossas ideias estou viciada em cogumelos frescos salteados, por isso provavelmente vai ser o meu jantar juntamente com alguns legumes e o que sobrar vai ser para a sandes de amanhã.

domingo, 19 de setembro de 2010

sábado, 18 de setembro de 2010

Isto é claro e é mesmo assim...

Como já aqui disse, 16 foi dia de festa, 18 será de casamento e 19 será novamente de aniversário, desta vez da minha piolhinha tão linda que já vai fazer 8 aninhos.

Claro que ontem sobrou bolo... de brigadeiro... que eu comi o que me apeteceu porque um dia não são dias (mesmo que sejam seguidos, como é o caso) e eu decidi comer, não desalmadamente, mas o que me apetecer.

E a grande novidade é que não me apeteceu comer meio bolo à dentada como antigamente. Sim, porque antigamente eu não conseguia comer só 1 bolacha; no mínimo marchava meio pacote. Mas não, comi 2 fatias pequeninas e ele ficou ali a olhar para mim e já não me olhava com aquele arzinho suplicante "come-me, oh, por favor só mais uma dentadinha..." Comi o que me apeteceu, e consegui não ficar refém do doce prazer...

Obviamente, a balança ressentiu-se, quer dizer, uma semana a batalhar e perdi 100gr:

 Peso - 76,9Kg          Gordura - 33,3%          Água - 48,6%

Mas estou absolutamente em paz com a minha consciencia... Coisa que já não acontecia há muito tempo...

Aceitem por favor o meu grande abraço... As vossas vivências e principalmente os vossos comentários têm sido uma grande força para mim amigas...


quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Como é possível????


Alguém me consegue explicar como é que a coca-cola zero pode não ter calorias, nem açucares, nem gorduras, e não fazer mal às dietas??? É que não consigo acreditar nisso, aguma coisa deve ter de mal...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

I feel good...

Hoje começaram as aulas da minha fofinha. Já está no 3º ano e foi para uma escola novinha a estrear, que está um mimo. Fomos à apresentação, ela reviu os amiguinhos todos, fomos depois comprar os materiais que faltavam e viemos para casa encadernar, fazer a mochila, organizar tudo... Adoro estas coisas.

Depois brincámos um bocadinho as duas, fui fazer elíptica (suei de caraças...), tomei um banho delicioso e passei creme no corpo todo para hidratar. Sinto-me bem!!

Até com a comidinha estou de bem:
Pequeno-Almoço: Café com leite e pão com queijo
Almoço: Sopa de espinafres + omelete de fiambre e cogumelos frescos + 1 pêssego
Lanche: 1 pêssego
Jantar: Sopa de espinafres + requeijão

E foi assim o meu último dia de férias deste ano... 

domingo, 12 de setembro de 2010

Novo look...


O Sweet 68 já está com o novo look de Outono... Ainda não chegou, mas já estou farta deste calor abrasador... No Outono a paisagem é linda, as árvores com as folhas castanhas, alaranjadas e avermelhadas no meio das poucas sobreviventes verdes... As camisolas fininhas mas já de manga comprida... À noite dar gosto puxar o edredão até ao pescoço... Estar no sofá já com uma mantinha... ADORO... Nasci em Novembro, deve ser por isso...

Oprah

Eis uma mulher que eu adoro ouvir falar, as ideias dela, o modo de encarar as situações e especialmente como ela lida com o próprio peso.

Outro dia estava a ver o site dela e vi um artigo onde ela falava de um livro de Geneen Roth's intitulado "Women, Food and God". Na altura abriu-me os olhos tipo um ah-ah moment e decidi partilhá-lo com vocês. Eis o que ela escreveu:

Quando li pela primeira vez o livro Mulheres, Comida e Deus  vez sabia que tinha descoberto algo profundo. Não gosto do termo viciada em comida, mas apercebi-me que tinha sido uma, e demorei anos a aprender (e a reaprender) que as escolhas que fazemos sobre o que pomos nas nossas bocas são somente substitutos para as crenças que temos nas nossas mentes e nos nossos corações.

Assim, à medida que lia o livro da Geneen’s, reconheci uma verdade tão básica – e que aparentemente tenho de me relembrar constantemente: Muitas pessoas usam a comida como se de uma droga se tratasse – para nos escondermos dos nossos sentimentos, para nos anestesiarmos, para escapar. E queria muito falar com a Geneen sobre este tema, porque ela parece compreender melhor do que ninguém como nós nos torturamos por causa de um nº na balança ou um tamanho de um vestido quando estaríamos bem melhor se utilizássemos essa energia para nos amarmos e nos compreendermo a nós próprios.

Geneen: Muita gente vem ter comigo e diz que só quer perder peso. E querem acabar com isso, e querem que o problema desapareça, e querem acordar magras amanhã. Mas na realidade não querem olhar para as crenças que estão abastecendo a obsessão, ou a sua relação com si próprio, com a sua família, com a sua vida. Não querem realmente ver.
O que acontece é que essas pessoas acabam por perder peso 10, 20, 30, 50 vezes nas suas vidas. Fazem isso vezes sem conta porque pensam que a dieta permanente é o modo de controlar o seu problema. Mas mesmo que consiga controlar a sua dieta, a simples perda de peso não é o que realmente interessa.
Em primeiro lugar, queria que as mulheres parassem de pensar nos seus “problemas com a comida” como a maior maldição das suas vidas. Elas têm é de lidar com as questões que estão escondidas sob os “problemas com a comida”.
Também o escrevi porque queria partilhar o facto de utilizar a comida como a porta para compreender-se a si própria pode levar a belezas e aberturas inimagináveis assim como a um certo despertar. A maior parte das pessoas não sabe isso.
Penso que todos temos uma fome que é dificil rotular. Muitas das pessoas que vêm aos meus retiros nunca as tinham rotulado, ou podem tê-las rotulado na igreja, mas não conseguem na realidade ver a ligação entre o que estão a fazer com a comida e esta ansia. Chamo a isto “a chama” que têm: Anseiam grandes respostas para viverem uma grande vida. Mas têm de começar pelos medos mais básicos.

Pois é, será que o que queres mesmo é perder peso? Quando conseguires, vais ser mais feliz? Ou isso está a esconder outra necessidade? Pensa nisso...

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Under control...

Hoje é 6ª feira e por isso... pesei-me. Não vou actualizar a barrinha porque o peso está exactamente igual ao da semana passada:

 Peso - 77Kg          Gordura - 33,3%          Água - 48,6% 

Aparentemente... Pois, porque a percentagem de gordura baixou 0,8%, coisa que nunca me tinha acontecido. É a primeira vez que o peso se mantém e a gordura baixa.

Fiquei bastante feliz, penso que deve querer dizer que o exercício está a adiantar alguma coisinha.

Esta é uma boa fase... Sinto-me controlada... Já não ando em piloto automático... Faço escolhas pensadas e compenso-as... Tal e qual como disse a minha querida Bolachinha...

Obrigada pelos vossos comentários, amigas. Eles dão-me força e fazem-me sentir que não estou sozinha nesta luta.



quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Ai, portei-me tão bem...


Ontem foi o dia de aniversário do meu sogro (a primeira de 4 festas marcadas para este mês) e, ai que me portei tão bem...

Para poder afinfar a 1 fatia e meia de torta caseira com recheio de chocolate, comi sopinha ao almoço e ao jantar. E para acompanhar o tão apetecido bolinho foi uma aguinha, nada de refrigerante, nem champanhe nem vinho. Só as calorias nuas e cruas do bolinho delicioso.

Hoje de manhã estava eu na cama com o meu diabinho e o meu anjinho, cada qual no seu ombro e a conversa era mais ou menos assim:
Diabinho: Não te levantes já, fica só mais um bocadinho...
Anjinho: Olha que prometeste fazer eliptica à 3ª e à 5ª. Que dia é hoje? 5ª. Vais já começar a arranjar desculpas?
Diabinho: Ontem deitaste-te muito tarde, mereces ficar mais 15 minutos na cama, ninguém vai saber se não fizeres eliptica...
Anjinho: Vais saber tu. Quer dizer, comeste aquela fatia divina de bolo a pensar no exercício e vais logo na 2ª semana faltar ao prometido? Tem juizo miúda!!

E não é que me levantei... Isto sim foi a vitória do bem contra o mal...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Marshmallows dum raio...

Hoje à hora de almoço fui toda lampeira comprar guloseimas para dar aos catraios na festa da minha fofinha (... pois, eu sei que ainda falta muito, mas eu sou assim há 34 anos, o que se há-de fazer...)

Chupas, chocolates, chiclets, rebuçados e marshmallows (... nham, só coisas que fazem bem ... às cáries...) e comecei a fazer os saquinhos para as crianças. E não é que me pus a ler uma revista e a comer marshmallows como se fosse o dia do juízo final...!!!

Claro, depois fiquei cheia de remorsos, mas já com os ditos no papo... No papo não, que eles devem ter ído directamente para as coxas e para o rabo. E fizeram eles muito bem!

Quem me manda a mim ficar em piloto automático e embrulhar tudo o que vejo à frente?? Francamente... Era só quem te mandasse com a cabeça contra um muro. Ah! Os saquinhos vou fazê-los logo à noite com a minha filha, para ver se desta vez me porto bem...  

domingo, 5 de setembro de 2010

O meu primeiro selinho... Iupii!!

Ganhei 1 selinho da Alexandra, o primeiro, muito obrigada...


Pelo que percebi tenho de responder às perguntas abaixo e passar para 10 meninas:

1 - Quantos quilos quero eliminar?
- O meu objectivo sempre será os sweet 68Kg

2 - O que me vou dar de presente?
- A esperança de nunca mais aumentar de peso de rédea solta, sem pensar...

3- Indicar 10 meninas:
- Maria não faz dieta
- Star
- Lev
- Paula
- LGG
- Lu Pinheiro
- Vida Leve
- Electra
- Aleinad
- Boneca de porcelana

sábado, 4 de setembro de 2010

Não há boca que aguente...

Dias negros aproximam-se... mas só para a dieta, senão vejamos a minha agenda:

Dia 8 - Aniversário do sogro
Dia 16 - Aniversário do maridão
Dia 18 - Casamento do irmão
Dia 19 - Aniversário da filhota

Que me dizem, hã... Há algum tempo atrás a primeira coisa que me viria à cabeça era..."Fogo, com tantas festas, mais vale desbundar e re-começar a dieta em Outubro. Bora lá comer uma bola de berlim..."

Agora o que me vem à cabeça é... "Fogo, tanta festa e tanto bolo! Se comer só uma fatiazinha em cada aniversário, posso abusar mais no casamento (que senão até parece mal...) e desforro-me na elíptica..."

Não posso evitar há-de sempre haver festas e aniversários e bolos e afins, mas mais vale cometer erros 4 dias e não o mês completo...

Assim é que se pensa, meninas...

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Pesei-me de novo...

Eu gosto de me pesar à 6ª feira porque ao fim de semana liberto-me mais um bocadinho.
Conhecendo-me como me conheço, sei que nunca vou conseguir uma alimentação tão rígida (muito à base de saladinhas e sopas) como as meninas que ando a seguir. Às vezes ao ler alguns menus só penso "Porra que eu morria de fome...", por isso quero seguir uma alimentação que eu sei que consigo seguir durante muitos anos e para já, santa paciência, isso inclui arroz, massa e batatinhas. Tudo cozido e sem grandes molhos ou refogados, mas não consigo sobreviver só com legumes e peixe grelhado...

Assim sendo, sei que a perda de peso é mais lenta, mas o meu objectivo é não me encher da re-educação alimentar e adaptá-la à minha vida, demore o tempo que demorar. Esta semana a balança ditou:

 Peso: 77,0K         Gordura - 34,1%          Água - 48,1% 

Ora como mais de metade da semana ainda foi de férias, para queimar os últimos cartuchos sei que abusei um bocado, mas ainda assim perdi 200gr. Desde de não suba, para mim é uma vitória.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Back to work...

Pois bem, ontem recomecei a trabalhar e apesar de ainda estar em estado "Zen - não stesses", custou-me um bocado. Agora é que uma pessoa vê como dá valor à família. Passamos dias tão bons os três... 24 horas por dia durante 26 dias é dose, mas nem um arrufozinho. Eta família feliz!!!

Em termos de dieta, consigo controlar-me mais quando estou a trabalhar porque já consegui criar uma rotina incrivel, pouco variada, mas não me importo muito. Senão vejamos:
7:45 - Pequeno almoço (café com leite e pão com queijo)
10:45 - Lanche (maçã e 2 bolachas digestivas deliciosas do Minipreço que satisfazem por completo o meu desejo por doces)
13:15 - Almoço (variado)
16:30 - Lanche (iogurte e 1 pão pequeno com fiambre)
20:00 - Jantar (variado)
Ao longo do dia fora das refeições: 1,5l de água

Isto é o meu menu semanal e dou-me bem com ele. Já ao fim de semana a conversa é outra, permito-me 1 ou 2 (ou meia dúzia de vez em quando) asneiras.

Li há pouco tempo na minha amiga Activa um artigo sobre criar novos hábitos. Lá dizia (e tem lógica) que um novo hábito leva cerca de 3 meses a ficar enraizado e que devemos concentrar-nos numa mudança só de cada vez.

O hábito que eu quero mesmo criar é encaixar na minha rotina pelo menos 15 minutos de elíptica à 3ª e à 5ª feira e ao sábado e domingo. Ao fim de semana não há problema, arranja-se sempre um tempinho. Durante a semana a ideia é levantar às 6:30, fazer o pequeno almoço e arranjar a comida para o dia, fazer elíptica, tomar banhoca, tomar o pequeno almoço (descansadinha - odeio stress matinal) e depois às 8:00 acordar a filhota e o maridinho já com tudo aviado... Eu não me importo de me levantar mais cedo e fazer tudo com calma. E sei que se deixar para a noite, depois arranjo desculpas para não fazer...

Foi o que fiz hoje e quero continuar a fazer. Só me vou concentrar nesta mudança até que se torne rotina. É este o meu desafio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...