quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Nostalgia...

Lembram-se das sebentas e dos cadernos da escola primária?... Lembram-se de no início do ano lectivo vos darem um caderno novinho a estrear com aquelas folhas todas limpinhas e lisinhas?... Quando começávamos a escrever até escrevíamos com uma letra mais bonita e cuidada e com o lápis bem afiado... Fazíamos os riscos com uma régua e mesmo no ínício, se fosse preciso até arrancávamos uma folha que não estivesse tão perfeita.

Passado algum tempo, aquele caderno limpinho já estava com algumas folhas escritas e a letra começava a ser mais descuidada. Os riscos já eram feitos sem régua, a borracha apagava os erros e de vez em quando ficava tudo esborratado...

É assim precisamente que eu me sinto desde o início do ano.

2011 começou por ser o meu caderno novinho em folha onde escrevi o primeiro mês com régua e lápis afiado, tudo perfeito em termos de RA e AF.

De alguns dias para cá, por algum motivo, permito-me alguns pecados que não são capitais, mas são recorrentes e isso está a fazer com que o meu caderno esteja a ficar esborratado.

Também me lembro que mesmo quando o caderno já ía a meio, às vezes dobrávamos as folhas para trás e o lado direito  do caderno continuava com as folhas muito novinhas e lisinhas e por alguns instantes esquecíamos as folhas do lado esquerdo já escritas com alguns erros e parecia que o caderno era novinho outra vez.

É isso que eu quero fazer neste 2011. Mesmo que tenha algumas "folhas" esborratadas quero conseguir virá-las e deparar-me com folhas limpinhas onde não haja nada a assombrar a RA.

O que passou, passou e não me posso massacrar com esses erros e cair na minha grande inimiga filosofia do "perdida por cem perdida por mil".

Não sei se mais alguém se vai identificar com este post que me veio directamente da alma. É que eu hoje acordei assim...

5 comentários:

Borboleta Azul disse...

gostei da comparação... muito bonito mesmo

beijo

LGG disse...

Mais nada! Para a frente é que é caminho!

Só comigo disse...

É a vida. Aprender com os erros e retomar rumos certos.
Bj

Alexandra disse...

Às vezes a nossa mente teima em ser traiçoeira, do género, só agora, só hoje... E depois se comi isto tb vou comer aquilo.
Se acontecer é claro que ninguém morre nem deve ser crucíficado... A única solução é respirar fundo e recomeçar... SEMPRE
Abraços enormes:)

Putty Cat disse...

ahah! Descobri-te! :P


Muito, muito boa surpresa!!!!

Continua!


Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...