sexta-feira, 24 de maio de 2013

Só os parvos é que não mudam de ideias...


De há alguns dias para cá que o diabinho que habita esta cabecinha tem ganho ao anjinho e tenho tido cada vez mais dificuldade em motivar-me para o exercício. 

Toda a gente sabe que há sempre uma desculpa pronta a ser utilizada quando estamos desmotivados... porque tá calor... porque tá vento... porque é tarde... porque estou saturada do mesmo... porque tenho de ir às compras... porque não me apetece, depois vou...

Os últimos posts da Pizza puseram-me a pensar. A minha motivação principal para emagrecer era essencialmente conseguir dar um bom exemplo à minha filha e conseguir levar uma vida mais saudável para minimizar as doenças provocadas pela obesidade, não quero morrer por ser gorda.

A perda de peso, inevitavelmente, seria uma consequência agradável disso, mas, honestamente, era secundário.

Claro que havia outros motivos mais "fúteis" como comprar em lojas "normais" ou conseguir subir um lanço de escadas sem ficar sem fôlego ou vestir um biquini, enfim...

Se até agora eu lutava para atingir um fim, agora sinto que me desfoquei e estou um pouco perdida.

Sim, eu queria livrar-me da ansiedade da balança e da busca dos 68, mas consigo trabalhar melhor com um objetivo em vista. Portanto, acho que vou voltar à fase da perda e adiar um pouco a manutenção. Não estou preparada, foi cedo demais...

Outro dia, o Terence dizia à Bibi: nestas férias vamos fartar-nos de brincar na areia, andar a pé, jogar raquetes... a mãe é a que está em melhor forma e nós temos de a conseguir acompanhar... E eu fiquei a pensar: Really?! Eu sei que faço exercício diário, mas só 20 ou 30 minutinhos, quase nem deve contar para nada...

Os meus motivos continuam a ser os mesmos, mas tenho de manter o objetivo vivo para não me desmotivar, pelo menos na parte do exercício, a parte alimentar está um pouco mais enraizada.

Mesmo que não pareça, perder peso continua a ser secundário, é somente um objetivo que eu foco para continuar a perseguir o verdadeiro motivo, tal e qual o burro e a cenoura.

7 comentários:

Joana (Palavras que enchem a barriga) disse...

Eu cá passo a vida a mudar de ideias, e não há problema nenhum nisso ;)

Acho que a tua motivação é muito louvável, e infelizmente há poucas pessoas que tenham a coragem de mudar para dar o exemplo às crianças que têm a seu cargo. Mas também te digo: dar o exemplo não é só portares-te bem, teres cuidado com a alimentação e fazeres exercício, mas sim também (e talvez até mais importante!) encarares isso com uma leveza que faça com que a própria criança encare isso como algo natural :) Se a criança crescer a acreditar que ter uma alimentação cuidada é fonte de stress ou de ansiedade também acaba por não desenvolver uma relação tão saudável com a comida. Acima de tudo sente-te muito orgulhosa, porque tiveste coragem para mudar e para lutar por ti :)

Beijinhos e tem um bom fim-de-semana! :D

Joana (Palavras que enchem a barriga) disse...

P.S.: Não sei porquê tenho a vaga ideia de seres do Norte! És? Porque no dia 2 vai haver em Matosinhos uma data de workshops dados por blogs de culinária e eu vou participar num de alimentação saudável (como espectadora!) :) Podias ir também, era giro :) Há lá imensos workshops para crianças, era capaz de ser engraçado para a Bibi :) Pensa nisso! :D

Só comigo disse...

Eu sou das que tem sempre desculpas...tu motivas-me muito! Faz favor de continuar!

Mariana N. disse...

Já te leio há algum tempo e sempre te vi como uma lutadora :) Portanto nada de baixar os braços!
Beijinhos

Maria Bolacha disse...

Faço minhas as palavras da Joana!

E acrescento que o peso ideal, uma boa forma física e uma alimentação saudável fazem parte de um processo, ou seja, nunca está terminado e vai-se fazendo e melhorando.


A perfeição é inatingível e pode até desencorajar-nos, mas se as nossas boas práticas forem regulares, os pequenos pecados até dão saúde mental e algum equilíbrio.

Só devemos mesmo temer o desmazelo ou a vontade de desistir, isso sim.

Em conclusão, acho que tens feito uma caminhada notável e muito inspiradora, por isso, não tens nada a temer!

Se te sentes mais confortável em focar um objetivo, go ahead! Cá estarei para te acompanhar!!!

Beijitos

Miss Betterme disse...

sim... o que dizes faz muito sentido!
Bjs

Miss Betterme disse...

Ah... quase me esquecia... sim as fotos do sítio onde costumo caminhar são do lado de Gaia! Adoro caminhar entre a Afurada e Lavadores!
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...