segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A minha amiga C.


A minha amiga C. está mal... Está internada nos cuidados intensivos do IPO ligada ao ventilador.

Ela foi minha companheira de barriga, decidiu ter um filho quando lhes contamos que eu estava grávida. O filho dela é 2 meses mais novo do que a Bibi, são vizinhos e amigos desde a barriga das mães.

O cancro apareceu na vida dela ao mesmo tempo que ela descobriu estar grávida pela 2ª vez e para cuidar de si, teve de abdicar da gravidez. Durante os duros tratamentos teve de lidar com a morte repentina do pai. E agora, quando pensava que o problema estava controlado, eis que lhe acontece este duro revés.

Não consigo deixar de pensar nela e no marido C. e no Di, o filho. Este menino está a ficar muito marcado! E por ser tão íntimo da casa e por eu o conhecer desde a barriga da mãe, não consigo sequer imaginar o que se passa no mundo dele.

É que esta doença é ingrata, é injusta. Aparece porquê? O que podemos fazer para a prevenir? Rezar que não bata à minha porta nem à dos meus?

C. neste momento estás no meu pensamento amiga...

4 comentários:

Paula disse...

Infelizmente sei o que o cancro pode fazer a uma família e a tua amiga C, também fica no meu pensamento.
Tem fé e força.
Beijinhos.

Só comigo disse...

Lamento que a tua amiga passe por isso. Desejo que tenha força para superar esta fase. Beijinhos.

Luciana disse...

Sinceramente, essas situações mexem muito comigo e nunca tive ninguém muito próximo a passar por isso (dou graças a Deus!) Que seja o que tiver de ser, porque mais (infelizmente) não se pode fazer. Beijos

Ana M disse...

É triste, e cada vez + sabemos de histórias assim :/ Muita força e sorte para a tua amiga, que consiga superar isto tudo!
Beijinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...