quarta-feira, 3 de outubro de 2012

5kg fazem uma diferença medonha...


Hoje, como já vem sendo hábito fui levar a Bibi à escola para depois fazer a minha caminhada no regresso a casa. Por causa do trânsito infernal àquela hora, o Terence deixa-nos a uns 5 minutos da escola e eu depois venho a pé para casa. 

Ao levar a filhota, levo também a mochila dela que à 4ª feira vai especialmente pesada. Sim, porque agora os miúdos têm de levar para cada disciplina o caderno + o manual + o livro de atividades x o nº de disciplinas que tiverem + o equipamento de ginástica (à 4ª) + o lanche e a água, enfim, são praí uns 5Kg de material. 

E lá ía eu com aquilo a pesar-me nas costas, o coração a bater mais depressa,  a respiração a acelerar e eu a pensar: Meu Deus, como é que foi possível que durante anos eu tenha carregado em cima de mim mais 30kg do que tenho agora?! Como é que eu me conseguia mexer sem desmotivar?!  

E aquele peso a mais em cima de mim abriu-me os olhos e fez-me perceber a dimensão da minha caminhada e da minha decisão tomada há quase 9 anos. Esta é uma batalha contínua, sim, sem dúvida, mas que não tenciono de deixar de enfrentar nunca.

10 comentários:

C. disse...

Faço-me essa pergunta todos os dias... "como é que consigo carregar este peso todo" e tem dias que acrescento os 11 kilos do meu filho...

sweet disse...

É isso tudo Sweet. Como deixamos as coisas chegar a este ponto? Não sei, sei que tu não vais lá voltar!!!!!

Força nas caminhadas, eu preciso do ginásio para me disciplinar, e mesmo assim, como tens visto, ando a falhar.

Beijinhos Sweet

Child of The 90's disse...

Assim é que é falar Sweet!! :D E o melhor de tudo é aprender a gostar da batalha!

Joana disse...

É verdade, são essas pequenas coisas que nos fazem perceber a grande diferença que é perdermos cinco ou dez quilos ;)

Beijinhos e um bom resto de dia :D

C.M. disse...

Mesmo! eu não sei como me deixei chegar a este ponto. daqui a uns tempos quero falar como tu.. 'como eu conseguia?'

Benedita disse...

Gosto dessa tua persistência.
Beijinhos

Corre como uma menina disse...

E pensar que as crianças têm de carregar com todo esse peso às costas!

Mas é verdade, quando fazia caminhadas e levava uma mochila com mais de 6kg às costas, quando a pousava ao fim do dia sentia-me tão leve! Parecia que planava! :)

Quando trazemos esse peso no próprio corpo nem nos apercebemos, é preciso algo externo para termos noção...


Beijinhos!

Beh ♥ disse...

Eu penso nisso todos os dias a toda a hora... como é possível?

O pior é que só quando perdemos peso é que nos apercebemos.

Beijinho

Moça Desafinada disse...

faz muita diferença mesmo!!!
desde janeiro perdi o peso da minha mochila do caminho de santiago de compostela. acho que hoje me custaria menos um bocadinho (mas custaria muito na mesma!!! lool)
E sim, se 5 custa, que fará 30!!!
e se 5 nos custam a nós, que fará aos miudos :S

Beijinhos grandes cachopa!!

NewMe / Dany disse...

Tb já pensei nessa perspectiva, infelizmente regressei ao peso absurdo, mas já estou a livrar-me dele, o que já me faz olhar para trás e perguntar-me a mim mesma, exactamente isso. No entanto, penso que ganhei mais humildade e valorizo agr tb a pessoa obsesa que não desistiu e voltou a lutar, essa pessoa tb tem valor :)

Acho que tens mesmo de estar orgulhosa de ti, porque tomaste decisões certas estando com mais 30 e menos 30kg. Parabéns querida *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...