segunda-feira, 9 de maio de 2011

Hoje apetece-me chorar...


Tenho medo de nunca mais na vida ser tão feliz como sou agora.

Sinto-me senhora do meu nariz e pela primeira vez na vida, segura de quem sou. Tenho um marido bestial e uma filha maravilhosa. Ela é a minha maior amiga, a minha companheirinha, a minha obra-de-arte.

Mas no futuro, como será a minha vida? Não estou preparada para a deixar crescer.

Todos os tempos livres são passados com ela. Quando era mais pequenina sofri muito com sentimentos de culpa por ter (ou pensar que tinha) pouco tempo para estar com ela e agora organizei toda a minha vida para passar todo o tempo livre com o Terence e com a Bibi.

Mas ela tem 9 anos, vai começar a chegar a fase em que se vai querer libertar, vai querer voar e aqui a pássara velha o que vai fazer? Como vou conseguir viver sem a presença constante dela a que me habituei?

Uma das minhas resoluções de ano novo era decidir se quero ou não ter outro filho. E, apesar de estar a pender para o Não, a verdade é que ainda não decidi.

É que eu estou tão feliz neste momento que tenho um medo enorme de estragar a vida perfeita que conseguimos criar.

9 comentários:

sweet disse...

Oh Sweet, não fiques assim. Essas angustias são tão normais em qualquer ser humano. O meu filho mais velho tem 10 anos, feitos nem à um mês. E o mais pequenino tem quase ano e meio. Por causa dele não tenho tempo para quase nada, os horários são super apertados, e ele é uma criança muito exigente. Mas por causa dele a minha vida é mais feliz, sou uma pessoa mais preenchida, e o filho mais velho agradece a "coisa fofinha" que mora lá em casa. Está sempre a dizer, oh mamã ele é tão fofinho!!!!
Gostava de ter outro filho, uma menina talvez para compôr o ramalhete, e tal como tu tenho medo. Medo de ser outra vez difícil de engravidar, medo que corra alguma coisa mal e medo de não ter forças para criar mais um. Só o tempo o dirá. Uma coisa sei, (ou acho que sei), se são felizes a três, também irão ser a 4!
Beijos e boa sorte seja qual for a decisão.

Sweet

New Life... disse...

Faça o q o seu coração mandar! Força aí viuuu? bjs

Miss Fit disse...

Eu não sou mãe mas entendo o que queres dizer. MAS o importante é o presente e se agora está tudo bem, para quê sofrer por antecipação? É natural que com o crescimento a tua filha queira seguir a vida dela mas isso não impede de estares com ela! Vive o momento e quanto à decisão de ter outro filho, é sempre uma bênção mas só tu e o teu marido é que podem decidir :)

Me disse...

Tambem não sou mae, mas endo-te de certa forma..sou muito apegada aos meus sobrinhos e a parte do crescimento e despreendimento custa-me muito, faz-me ficar trsite..não sei...
Olha tens uma filha linda que com a vossa relação seguramente vai ser sempre a tua melhor amiga...e cada vez mais eu acho apesar de estar a crescer e de começar dentro em breve a voar...se eu tivesse uma mae como tu...seguramente não a ia deixar nunca:) e tens o teu marido...e podes sempre agora iniciar outro ciclo se quiseres e ter mais um filhote, sei lá, devo estar a dizer um bando de coisas parvas, mas parece-me que estares tão bem na vida e estares trsite com medo do futuro não combina no sentido em que mereces pensar positivo e que venha e o que venha que seja bom como já é:)
um beijinho

Carla disse...

Ohh linda, não fiques assim!!
A minha Mary tem 10 anos... estou a senti-la escorregar entre as minhas mãos a cada dia que passa.
Mas a vida é assim mesmo. Nós também já nos libertámos.
Mas custa muito.. ai como eu te entendo!!
Beijinhos
Até mais ler

mariana disse...

Quando saí de casa para a faculdade a minha mãe bem se arrependeu de não ter tido outro filho para lhe fazer companhia... mas é assim, a vida é feita de escolhas e só tens de fazer o que o coração manda.
And... dont' worry be happy
bjs

Joana disse...

É tão bom sentirmo-nos tão felizes como te sentes agora linda, o meu conselho é que saboreies essa felicidade e as respostas vão aparecendo à medida que percorres o teu caminho :) *

Quilinho a mais disse...

Não te deixes ir abaixo :\
Passa no meu blog tenho um selo para ti
Força!
beijinhos

Maria disse...

Pensa que todas as idades têm o seu encanto o crescimento dos filhos pode trazer-nos novas alegrias.
Não sintas que está a perder nada, estás é a ganhar coisas novas.
Deixei-te um selo no meu blogue.
Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...