terça-feira, 10 de abril de 2012

Ganhar coragem...


Finalmente arranjei um sítio agradável para fazer caminhadas à hora do almoço. É bastante bom e é um percurso que tem algumas pessoas a fazer o mesmo. Mesmo assim, lá vou eu de sapatilhas e carteira ao ombro para tentar passar despercebida. 

Ontem levei uma autêntica chapada de luva branca quando passa por mim uma senhora aí dos seus 50 anos, devidamente equipada e a correr. Ía muito devagarinho, mas a correr, a fazer por si. Não a conheço de lado nenhum, mas tive orgulho dela. 

Será que eu algum dia vou ter essa mesma coragem? Vencer o preconceito e ir correr assim, sozinha? Tenho muita vontade, mas falta-me a coragem.

10 comentários:

Luciana disse...

Eu também me sinto inspirada por pessoas assim. Eu já te disse isto, mas o preconceito está mesmo dentro de nós e cabe-nos dar cabo dele. Coragem mulher!!!
Beijos

A menina Pobre disse...

Antes de ficar pior do meu problema de saúde também cheguei a ir correr sozinha para a beira-mar tive que ser forte e aventurar-me comecei com uma caminhadas e depois ganhei coragem e corria. Hoje estou a começar a correr por casa para ver como me adapto a isso mas pretendo ir correr para a rua, é só tentares te superar a ti mesma. Se eu consegui também consegues! Quanto à tua questão vou correndo ou à volta do quarto ou mesmo por dentro de casa por todas as divisões o comando no caso da wii fit plus vai guiando "eles" até dize para mudarmos de canal e vermos outro programa que o comando guia-nos!Bjinhos e força!

Diana disse...

claro que vais, começa devarzinho cm essa senhora, n precisas de ter vergonha alguma !!! muito pelo contrário! adoro ver gente a mexer-se na rua !!

beijinho

Corre como uma menina disse...

Quando comecei também tinha vergonha de correr sozinha na rua, tentava sempre convencer alguém a vir comigo. Mas isso é impossível e, se queria continuar a correr, tinha de vencer os preconceitos. Que é isso mesmo que são, pré-conceitos. Afinal, que mal tem ver alguém a correr na rua?? É uma coisa normal!! Há sempre pessoas que ficam a olhar, claro, mas se não têm outra distração na vida, o problema é delas, não teu! :)
E eu adoro ver outras pessoas a correr, sejam gordas, magras, corram depressa ou devagar. Quando passo por outra mulher a correr sinto sempre uma solidariedade cúmplice ;).
O truque, de início, é tentares ir para zonas onde haja sempre gente a correr. Assim és uma entre várias, e não te sentes tão desconfortável!

E se morares na zona de Lisboa e precisares de companhia, há uma certa menina que corre quase sempre sozinha... ;p

Beijinhos e força nisso!

Joana disse...

Olá! :)

Eu concordo com a Corre como uma menina :) No início todos nos sentimos desconfortáveis a correr sozinhos, mas na maior parte das vezes esses medos são isso mesmo, medos.

Quando eu vejo uma pessoa a passar por mim a correr sabes em que penso? Em nada :P Provavelmente nem dou por ela, porque estou a pensar noutra coisa qualquer.

Quando eu corro tenho noção que há pessoas que nem percebem e outras que ficam a olhar, mas não estou muito preocupada com isso, porque estou a fazer algo que me faz sentir bem :)

Mas isso consegue-se com o tempo, acredita. Eu só comecei a ir ao ginásio depois de perder peso, só comecei a praticar exercício depois de perder peso. Antes disso não conseguia, nunca me apetecia, nunca achei necessário e tinha vergonha. Talvez isso faz com que não tenha grande moral para te dar conselhos, mas este é um daqueles casos 'faz o que eu digo, não faças o que eu faço' ;)

Beijinhos!

sweet disse...

Na Cantabria, Espanha, as pessoas caminham, correm, fazem todo o tipo de exercício, à beira-mar, durante a hora de almoço. Eu um pouco incredula com aquela azafama toda, perguntei como faziam a seguir para voltar ao trabalho, ao que me responderam prontamente que traziam toalhas pequenas de casa que se banhavam e trocavam de roupa na casa de banho do emprego, e que toda a gente fazia o mesmo. Simples, não é? Eu é que não consigo fazer o mesmo, mas tenho pena.... Temos de mudar estas nossas mentalidades... e toca a correr!

Beijinhos, Sweet

lovely.alter.me disse...

Eu também tenho vergonha! No fim de semana passado fui correr com o meu marido, mas numa zona rural, onde quase ninguém passa... eu acho que só mesmo assim é que tenho coragem. Mas a ideia de começar a correr persegue, tenho andado a magicar percursos perto de casa, mas eu vivo numa zona alta, o que significa que para descer depois tenho de subir e muito... depois vem a questão dos horários, etc, etc... e a vergonha (o maior entrave).... mas olha, tenho de ganhar coragem!!!

Anita disse...

só tens que começar , depois de começares isso passa a ser um habito e esqueceste-te que estas num lugar publico :)

Smiley disse...

POis eu tb tenho vergonha. É algo ainda a treinar. Depois é como tudo a maltinha habitua-se :)

Ju disse...

Eu tenho uma vergonha imensa por não me esforçar mais para ignorar os supostos "olhares" e investir num treino mais a sério. Admiro essas pessoas!

Beijinho*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...